top of page

Como reduzir a contaminação em açougues?

Não há como negar, a contaminação em açougues é um ponto-chave para se ficar atento em qualquer lugar que realiza a venda de produtos perecíveis, afinal, estamos falando de alimentos muito requisitados que são consumidos diariamente pela população.


Caso não seja realizado o controle correto, a contaminação em açougues pode ser facilmente uma realidade, trazendo sérias consequências não apenas para os clientes, mas também para a própria empresa que realizou a venda.


Sendo assim, prossiga com a leitura e saiba como é possível realizar a redução da contaminação em açougues e qual o papel da CLORIN nessa questão!


Qual a importância de buscar a redução da contaminação em açougues?

Além do óbvio fator de estar em conformidade com as normas vigentes da saúde sanitária, quando uma empresa busca reduzir a contaminação em açougues, a mesma aproveita alguns benefícios específicos em decorrência dessa boa prática. Prossiga com a leitura e confira três dessas práticas!


1 - Entrega um serviço de qualidade ao cliente


É inegável que quando uma empresa realiza um serviço de qualidade ou entrega um produto que excede as expectativas do cliente, esse mesmo cliente se propõe a voltar até o local mais vezes, se tornando assim um cliente fiel e ainda recomendando a empresa para terceiros.


Isso faz com que sua empresa seja bem vista entre os consumidores, auxilia no crescimento de seus lucros e, é claro, no crescimento da própria empresa.


Neste caso, oferecer carnes de qualidade e em um ambiente higiênico (que muitas vezes são expostos ao público), pode aumentar ainda mais a fidelidade de seus clientes, principalmente que quando falamos em mercados, os clientes tendem a ser mais apegados àqueles que os oferecem bons valores e ótimas experiências de compra.


2 - Aumenta a confiança dos clientes em seus produtos ou serviços


Atrelado ao ponto anterior nós temos a questão da confiança, já que sem confiança no que sua empresa oferece, o cliente não irá voltar a comprar com sua empresa, não irá recomendá-la para ninguém e poderá até mesmo realizar propaganda reversa sobre seus produtos e serviços.


Então, busque sempre trabalhar a confiança de seus clientes em relação às carnes e demais produtos de seu negócio. Como isso pode ser feito? Veja abaixo!


  • Deixe a mostra os selos de autenticidade sanitária dos produtos;

  • Evidencie a liberação dos produtos diante dos órgãos competentes;

  • Fique atento ao período de validade e aparência das carnes expostas;

  • Jamais venda algo fora do prazo de validade;

  • Garanta que seu local de venda seja limpo e higienizado;

  • Tenha um controle de pragas eficiente.


Ao ficar atento a esses pontos, você poderá não apenas oferecer um serviço de qualidade como comentamos anteriormente, mas trará ainda mais confiança para seu cliente na hora da compra, principalmente quando o mesmo notar os esforços de transparência de sua empresa.


3 - Evita grandes problemas para as empresas


Imagine que seu mercado, por algum erro ou motivo, passou a vender carnes contaminadas. É de se esperar que algo assim afete diretamente os clientes do ponto de vista da saúde, não é mesmo? Agora imagine o que aconteceria se não apenas eles descobrissem que passaram mal por causa de seus produtos, mas que também isso chegou aos órgãos fiscalizadores responsáveis.


Algo assim pode gerar multas, restrições e processos, mas falaremos mais sobre isso a seguir.


Quais as consequências da contaminação em açougues para as empresas?

Como você pôde notar no item anterior, a contaminação em açougues pode levantar sérias questões para sua empresa lidar, sendo todas elas de nível gravíssimo, afinal, estamos ali lidando com a saúde de toda uma comunidade.


Confira a seguir algumas das principais consequências da contaminação em açougues para as empresas.


1 - Contaminação generalizada dos produtos da empresa


Qualquer descuido ou falta de seguir as normas adequadas podem fazer com que - por exemplo - uma carne seja contaminada.


Imagine o seguinte cenário:


Durante o corte de uma carne específica, alguém da equipe utilizou uma faca ou mesa que não foi higienizada corretamente e, enquanto o manuseio dessa carne era realizado, a mesma acabou por se contaminando em decorrência do motivo apresentado.


Após o corte ser realizado, sem o funcionário saber que a carne estava contaminada, ele devolve o que sobrou para seu local original de exposição, que nesse momento fica dentre as várias outras opções de carnes que a empresa disponibiliza.


Quando algo assim acontece, a principal consequência desse cenário é a imediata contaminação de todos os outros produtos que estão no local, principalmente se houver contato entre eles ou se o manuseio for - por exemplo - realizado com as mesas luvas.


2 - Surto de doenças entre os clientes


Provavelmente a questão mais séria de todas, a contaminação em açougues pode gerar um surto de diversas doenças, dependendo do nível da contaminação.


Algumas das doenças podem afetar as pessoas de forma realmente séria, em alguns casos levando até mesmo à morte. A partir de uma situação como essa, outras consequências podem surgir como, por exemplo, a abertura de processos pelos afetados, mas falaremos sobre isso a seguir.


3 - Multas e processos


Empresas que passam por processos de clientes afetados como na situação de uma contaminação tendem - muitas vezes - a perderem as ações. Com isso, as mesmas ficam à mercê de valores que, quando somados, podem ser um valor milionário, sem falar nas demais despesas de advogados, dos processos em si, dentre outros.


Outra questão que não podemos deixar de lado são as multas decorrentes dos órgãos reguladores que, avaliando a situação, podem chegar a aplicar valores milionários nas empresas. Em casos extremos, eles podem até realizar a interdição do local, impedindo que a empresa prossiga com suas atividades.


4 Dicas para evitar a contaminação em açougues

Agora que chegou até aqui, você já sabe que a contaminação em açougues é um assunto extremamente sério e não deve ser tratado levianamente.


Sendo assim, para te ajudar a evitar as consequências apresentadas e ainda oferecer o melhor serviço para seus clientes, separamos quatro dicas que vão te auxiliar nessa questão. Confira-as abaixo!


1 - Faça a higienização das instalações, equipamentos e utensílios


Em um local onde o contato com alimentos perecíveis é constante, a higienização de tudo o que é utilizado é indispensável. Sendo assim, uma limpeza profunda deve ser realizada, utilizando produtos específicos para atender aos requisitos de desinfecção.


Alguns produtos como o CLORIN PM FOOD TABS podem ser grandes aliados das empresas nessa questão, sendo este indicado para desinfecção de bancadas, utensílios (facas, serras e outros), tábua de corte, máquinas de moer junto aos seus utensílios, pisos, paredes e todo objeto em geral que há contato com alimento.



2 - Adote práticas de higiene pessoal


Aqui não há como fugir, é indispensável que os funcionários utilizem as práticas essenciais de higiene pessoal para que possam trabalhar nesse setor, ou seja, uniforme branco, toucas, botas e luvas (tudo diariamente limpos) devem sempre fazer parte do dia a dia.


Um ponto de atenção aqui são as luvas utilizadas durante o serviço, sendo que as mesmas devem ser trocadas e/ou limpas durante um manuseio para outro, evitando assim contaminação cruzada.


Além disso, manter as mãos limpas, assim como o rosto, devem ser um requisito constante, afinal, mesmo com a roupa necessária, o risco de contaminação ainda existe, apesar de menor.


3 - Possua um controle de pragas


Podemos levar como consenso que quando vemos moscas e mosquitos em um açougue, isso não passa um bom sinal sobre a qualidade do alimento que estamos prestes a consumir, certo?


Por isso, opte por armadilhas luminosas que atraem e capturam insetos, deixando o ambiente livre de pragas e, com isso, passando uma imagem de limpeza e higiene para os consumidores.


4 - Cuidado com a água que irá utilizar


Pode até parecer um pouco “fora da curva”, mas a água que você utiliza no dia a dia para realizar a limpeza do local, dos utensílios e até mesmo para se lavar, pode ser uma das responsáveis pela contaminação em açougues se não for bem tratada.


Para isso, a CLORIN possui a LINHA DE TRATAMENTO, uma solução em forma de pastilhas germicidas pré-dosadas que realiza o tratamento microbicida em volumes específicos de água. Ou seja, elas tratam a água diretamente nos reservatórios, deixando-as pronta para uso!



A Clorin pode ser sua aliada!

A CLORIN é uma empresa especializada no ramo de desinfeção e higienização, com expertise de mercado e vários cases de sucesso em decorrência do uso de seus produtos.


ENTRE EM CONTATO conosco hoje mesmo para conhecer ainda mais sobre nossos produtos e o que podemos oferecer para sua empresa, principalmente para manter toda a segurança e controle necessário em seu açougue ou mercado. Estamos esperando para você falar com você, hein!


28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page