top of page

Hipoclorito de sódio é cloro? Temos a explicação definitiva para você!

Atualizado: 8 de dez. de 2022

Será que hipoclorito de sódio é cloro? Tenha a resposta definitiva para essa pergunta e entenda as diferenças entre os produtos derivados do cloro.


A pergunta “hipoclorito de sódio é cloro?” é uma dúvida de muita gente. E nós vamos começar este conteúdo respondendo diretamente essa pergunta: não, hipoclorito de sódio não é cloro.


Apesar de serem confundidos, eles têm diferenças importantes e significativas. E nós preparamos esse material para explicar definitivamente tudo o que você precisa saber sobre o assunto.


O que é cloro?


O cloro em sua forma natural é um gás. Por isso, não é possível encontrar produtos que utilizam cloro em sua forma pura livremente.


Já em sua forma líquida, que é resultado da compressão do gás em altas temperaturas, o cloro é utilizado em estações de tratamento de água, por exemplo, pois tem concentração alta.


Ele se mistura muito facilmente com outros elementos. Então, normalmente o que adquirimos são produtos que têm cloro em sua composição, como o hipoclorito de sódio.

O que é então o hipoclorito de sódio?


O composto químico hipoclorito de sódio, de fórmula NaClO, é obtido da reação do cloro com uma solução diluída de soda cáustica, aquosa e alcalina, que contém entre 10% a 13% de cloro ativo.


Serve para desinfetar águas destinadas ao consumo humano, piscinas e em processos de limpezas domésticas e hospitalares. É usado, ainda, como matéria-prima para fabricação de águas sanitárias.


A presença de compostos orgânicos em águas que sofrem o processo desinfecção com hipoclorito de sódio, resulta na formação dos trihalometanos, que são considerados compostos carcinogênicos. Levantamentos epidemiológicos relacionando a concentração dos trihalometanos com a morbidade e a mortalidade por câncer evidenciaram associações positivas em alguns casos de carcinomas.

Outros efeitos potenciais para a saúde pelo hipoclorito de sódio:

  • Por inalação: pode causar irritação no trato respiratório, nariz e garganta com tosse e dispneia;

  • Por ingestão: pode causar náusea, vômito, hipermotilidade intestinal e diarreia. A presença de uma grande quantidade de sódio no organismo por ingestão ou inalação pode causar desidratação;

  • Contato com a pele: pode causar irritações;

  • Contato com os olhos: o contato pode causar danos e irritações, especialmente em altas concentrações, perdurando por mais de 24 horas.


E a água sanitária?


A água sanitária é o resultado do hipoclorito de sódio diluído em água. Ambos os ingredientes são fortes e é essa potência que o torna tão atraente no mercado da limpeza. No entanto, o alvejante pode formar gases nocivos e produzir compostos orgânicos voláteis (vapores perigosos para a vida humana e animal). Esses gases e vapores podem acarretar danos ao seu DNA, algumas formas de câncer, asma e uma lista longe de outras doenças, algumas até crônicas.


É esse o produto usado normalmente em nosso dia a dia para limpeza de ambientes, pisos, sanitários, superfícies e também para o branqueamento de roupas e tecidos.


Onde é possível utilizar esses produtos?


O cloro é usado apenas em atividades específicas, como o tratamento de água em grandes volumes. O hipoclorito costuma ser utilizado para limpeza de piscinas, alimentos, caixas d'água e outros ambientes. Já a água sanitária é o produto mais comum, usado com frequência na limpeza de diversos espaços, como os banheiros.


No entanto é preciso ter muito cuidado na utilização desses produtos, pois podem causar danos e riscos a saúde tanto em seu manuseio, como quando utilizados na água para consumo e na desinfecção de alimentos.

Por isso, é fundamental respeitar as doses recomendadas e seguir todos os cuidados indicados, como manter esse tipo de produto longe do alcance de crianças e animais.


Dicloro-S-Triazinetrione de Sódio: uma solução mais segura!


Os produtos cuja base é o dicloro-s-triazinetrione, também chamado de dicloroisocianurato de sódio, são uma solução muito mais segura e eficaz.


Todos os produtos Clorin para desinfecção de água, alimentos, objetos e superfícies utilizam o Dicloro em sua composição. Por ser um composto orgânico, não deixa gosto, odor e resíduos tóxicos, sendo totalmente eliminado pelo organismo. São comercializados em forma de pastilhas, não alteram o pH do meio aquoso, possuem concentração mínima de cloro residual livre e baixa toxicidade.


Enquanto o hipoclorito de sódio é comercializado em forma líquida, com validade que varia entre 3 e 6 meses, os produtos Clorin tem validade média de 3 anos!


Além disso, possuem maior estabilidade e segurança no armazenamento/transporte e são mais estáveis em solução aquosa, o que faz com que tenham uma liberação mais lenta do ácido hipocloroso e, com isso, permaneçam efetivos por períodos muito maiores.


Agora que a dúvida está respondida e você conhece uma solução mais segura e eficaz para a desinfecção, confira outros conteúdos sobre higienização e limpeza com segurança em nosso blog.


1.686 visualizações0 comentário
bottom of page